Núcleo Acadêmico de Avaliação Física e Prescrição do Exercício

Ontem, dia 05 de março, iniciaram-se as atividades do Núcleo Acadêmico de Avaliação Física e Prescrição do Exercício, que é coordenado pelo professor Leandro Raider, da disciplina de Fisiologia do Exercício.
Sabendo da importância do exercício físico na prevenção de doenças como a obesidade, doenças cardiovasculares, metabólicas, entre outras, a Faculdade de Medicina busca incentivar e orientar os alunos a praticar exercícios físicos, a fim de que saiam da Faculdade sabendo orientar seus pacientes sobre os benefícios adquiridos com a prática regular de exercícios.
Uma proposta do Diretor da FMV, Dr. Kleiton Santos e do professor Leandro Raider em parceria com a Med. Atlética.

Paty do Alferes recebe FAA em Ação

O município de Paty do Alferes recebe no dia 17 o Projeto Castração Itinerante, um trabalho social de controle de natalidade de cães e gatos, que visa contribuir com o bem-estar animal e reduzir as doenças transmitidas ao homem. A ação será realizada na praça do centro de 8 às 13 horas.

Nos dias 20 e 21 de março, a cidade recebe novamente o CESVA/FAA, que promove em parceria com a Prefeitura Municipal de Paty do Alferes, o Projeto FAA em Ação.

Na sexta-feira (20), será realizada palestra no Espaço Cultural de Paty, às 19 horas, com o professor do curso de Recursos Humanos, Alessandro Paiva, falando sobre “Estratégia de Marketing para Micro e Pequenos Empresas”. E, no sábado (21), acontece a ação com os acadêmicos dos cursos de Medicina e Enfermagem, realizando testes de glicemia e aferição de pressão; Direito com informações sobre aposentadoria, licenças especiais, demanda de terrenos, entre outros; Odontologia, com o Escovódromo, triagem e palestra sobre escovação e higiene bucal. E os acadêmicos de Pedagogia com atividades lúdicas para as crianças. O evento acontece das 09 às 14 horas, no bairro Poaia, ao lado da Igreja Evangélica.

Jornada de Saúde Mental

A Faculdade de Medicina de Valença (FMV) realiza a Jornada de Saúde Mental com o tema “A medicalização da Sociedade”, no dia 10 de março, no Raymundão (auditório da FMV). O evento conta com o professor de Saúde Mental II da FMV, Dr. Marcelo Ferreira Santos (psiquiatra e mestre em Saúde Coletiva) falando sobre a psiquiatrização da vida; o professor de Saúde da Mulher da FMV, Dr. Adriano dos Santos (ginecologista e mestre em Sexologia), falando sobre a medicalização do sexo; e com o Nutricionista prof. Alden Santos Neves (nutricionista e doutorando da UERJ), falando sobre a medicalização na Nutrição.

O objetivo da jornada é discutir a freqüência da medicalização na sociedade, apresentando aos estudantes de medicina os riscos desse processo.

As inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de março na Secretaria da FMV. As vagas são limitadas.

Acadêmicos de Medicina na disciplina de Atenção Básica

A Faculdade de Medicina de Valença oferece aos seus alunos, entre outras disciplinas, a matéria de Atenção Básica Integrada – ABI, que é vista do 2° ao 5° período. Em cada um dos períodos os alunos aprendem as particularidades da ABI, tanto em aulas teóricas, como nas aulas práticas  realizadas nas Unidades de Saúde do município. E quando esses acadêmicos vão para o Internato (a partir do 9° período), retornam a essas comunidades e aplicam o que aprenderam nos anos anteriores.

Segundo os professores do CESVA, Edson de Souza e Laíse Jardim, é nas Unidades Básicas de Saúde que os alunos vêem a dinâmica da atenção básica. “Nesta matéria os alunos aprendem o que é a atenção básica, quais são os principais conceitos do SUS e vêem a ação acontecer na prática. Eles participam do dia-a-dia da Unidade, fazem visitas domiciliares, vão as escolas e são inseridos no contexto da unidade. Cada professor é responsável por um determinado grupo de alunos nas unidades, assim como, por desenvolverem as ações propostas pela mesma”, disse Edson.

De acordo com a profª. Laíse, a disciplina é dividida em ABI I, onde é visto o território; ABI II, vendo a comunidade e os conceitos de vulnerabilidade social; ABI III, as famílias; e ABI VI, as pessoas: crianças, idosos, mulheres, homens. “O Prof. Edson acompanha a ABI IV e eu acompanho a ABI II. Trata-se de uma disciplina muito importante, para que os alunos possam ver na prática e se familiarizar com o SUS, as comunidades e sua realidade”.

Para a aluna Taís Barbosa Alves, do 5° período, a atenção básica é o que falta para a medicina do Brasil. “Com esse tipo de atendimento, fazemos a prevenção. O que vemos normalmente é somente a preocupação em tratar a doença, mas devemos pensar no individuo como um todo, levando em consideração o lado psíquico e social, e tentando melhorar a qualidade de vida. E, para isso, precisamos fazer a prevenção e a promoção da saúde”.

Confira mais fotos no nosso facebook: https://www.facebook.com/pages/Centro-de-Ensino-Superior-de-Valen%C3%A7a-CESVA-FAA/158494267664961

3 dicas para melhorar seus relacionamentos pessoais e profissionais

O convívio social, essencial sob qualquer aspecto, pode ser considerado uma arte. Lidar com as pessoas, seja em um ambiente de trabalho ou na vida pessoal é sempre desafiador. Por isso, saber como melhorar as relações com as pessoas ao redor é uma ótima habilidade para se desenvolver.
Para conseguir melhores resultados no seu relacionamento interpessoal, as pequenas mudanças podem ser ótimas maneiras de começar, sem tanto esforço, a mudar a sua imagem pessoal.

Mantenha o controle
Ao passar uma imagem de calma e tranquilidade, é mais fácil se tornar bem quisto por pessoas ao seu redor. Agir de maneira tranquilizadora frente a situações estressantes, especialmente no trabalho, é uma maneira de ser avaliado também como uma pessoa confiável.

Evite conflitos
Sempre que possível, evite destacar pontos negativos sobre outras pessoas – incluindo concorrentes no trabalho. Em vez disso, busque destacar os seus próprios pontos positivos, assim você não desmerece outras pessoas, mas também exalta suas qualidades. Outra consequência positiva dessa postura é a chance de fazer amigos. Além de obter crescimento pessoal, novos contatos podem se tornar intermediadores para boas oportunidades profissionais.

Desenvolva sua empatia
A empatia é a habilidade de se conectar com outras pessoas, entendendo seus sentimentos e agindo de forma solidária. Perguntar sobre o bem estar de amigos e colegas, ouvir suas necessidades – no caso de clientes – e manter uma boa postura corporal, por exemplo, fazendo contato visual são boas maneiras de se tornar uma pessoa mais simpática. Sorrir mais também é uma boa ideia e faz as pessoas se sentirem mais confortáveis.

http://noticias.universia.com.br/emprego/noticia/2015/03/02/1120694/3-dicas-melhorar-relacionamentos-pessoais-profissionais.html