CESVA/FAA conquista mais uma referência nacional

Junto ao Município, é o primeiro Centro de Ensino do país a formalizar a implantação do COAPES

Mais uma vez o CESVA/FAA está em primeiro lugar no país! O bairro Spalla II ganhou uma Unidade Básica de Saúde – UBS – inaugurada na última sexta-feira (06). O evento contou com a participação de representantes do Centro de Ensino Superior de Valença, Diretores do Hospital Escola Luiz Gioseffi Jannuzzi e do Município, que celebraram a parceria através do programa federal COAPES, com o objetivo de garantir aos acadêmicos da área da saúde uma atuação supervisionada na rede pública de saúde. O CESVA/FAA é pioneiro a formalizar a implantação do programa federal “Contratos Organizativos de Ação Pública Ensino-Saúde”.

Esta unidade é mais um diferencial do melhor Centro de Ensino Superior do país, que conquista mais um espaço onde oferecerá a seus acadêmicos um instrumento para o aprimoramento da formação profissional. A parceria existe desde outubro de 2017.

“Eu não tenho dúvida que foi um avanço muito grande para a Atenção Primária deste município”, comemorou o diretor acadêmico do CESVA/FAA, José Rogério Moura de Almeida Neto, agradecendo o apoio do Município. Ele contou que, desde 2013, quando lançou a possibilidade de estabelecer o COAPES com a Prefeitura Municipal o CESVA/FAA havia sinalizado a intenção de formalizar tal parceria. “Foi muito tempo de trabalho”, destaca.

COAPES

O COAPES possui regras, contrapartidas e demais compromissos pactuados entre as instituições de ensino e os gestores municipais e estaduais do SUS. Essa formalização dará mais garantia para que os estudantes da área da saúde possam atuar de forma supervisionada na rede pública de saúde, especialmente nas unidades básicas de saúde (UBS). O Contrato Organizativo é uma das inovações presentes no Programa Mais Médicos, que tem no eixo educacional como ponto crucial.

“É um novo modelo de gestão e um novo implemento na parte técnica, onde é feita a capacitação da equipe e uma série de fatores que vem a incrementar e ofertar uma Atenção Primária diferenciada para os valencianos”, explica o diretor acadêmico do CESVA/FAA que o contrato organizativo é fundamental para a instituição, possibilitando um cenário de prática que hoje é uma das indicações do Ministério da Saúde e Ministério da Educação, através do Programa Mais Médicos e das Diretrizes Curriculares Nacionais dos Cursos de Medicina, onde grande parte da formação do médico hoje é focada na Atenção Primária. “É bom para nossa Instituição, nossos alunos, nossos futuros profissionais e, sobretudo, para o município, onde atenderemos melhor à população”.

O objetivo da cogestão em saúde entre o CESVA/FAA e o Município é priorizar a Atenção Primária à Saúde, dando à instituição de ensino uma parcela desta responsabilidade, que visa construir um novo modelo de Atenção Primária em Valença, com médicos atuando 40 horas semanais e profissionais da saúde trabalhando em tempo integral nas unidades, abertas de segunda a sexta-feira.

“Neste cenário de mudança, nós mudamos primeiro. Fomos o primeiro curso de Medicina do país a celebrar o COAPES com o município”, ressalta o diretor acadêmico.

De olho na conjuntivite!

Doença tem ocasionado mais de 100 atendimentos diários no Hospital Escola

Algumas doenças encontram seu ápice no verão, e a conjuntivite é uma delas. Caracterizada pela vermelhidão e inchaço nos olhos, é altamente contagiosa. O que nem todos sabem é que a conjuntivite não é transmitida pelo ar. A razão por trás desse mito é o fato de que basta encostar no muco, secreção, ou cumprimentar uma pessoa contaminada (e que não tomou providências de higiene das mãos e do rosto) para acontecer a transmissão. O mesmo acontece se a pessoa infectada compartilhar objetos pessoais com outros. Como toalhas, óculos, lençóis, fronhas de travesseiros etc. O ideal é que a pessoa com conjuntivite evite o contato com outros durante a fase de transmissão da doença.

Cintia Cunha, enfermeira responsável pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar – CCIH – do Hospital Escola Luiz Gioseffi Jannuzzi conta que Nos últimos 15 dias os índices aumentaram muito, em comparação ao mesmo período do ano passado. Em 2017 havia entre 10 e 15 notificações por dia e já neste ano são cerca de 80 a 135 atendimentos por dia. Ela explica que a conjuntivite é uma doença que se caracteriza pela inflamação da conjuntiva e é causada por agentes tóxicos, que podem ser alergias, bactérias ou vírus.

Tal aumento nos atendimentos alertou a direção do hospital para que fossem buscadas todas as medidas necessárias para prevenção e no atendimento, como treinamento dos profissionais de saúde, equipe multidisciplinar e até mesmo profissionais das áreas administrativas. Foi preparada uma sala de espera com pacientes que estão aguardando atendimento no Pronto Socorro e no Ambulatório, onde são orientados quanto à prevenção. Em algumas ocasiões, como aos finais de semana, o número chega a aumentar para 200 atendimentos de pacientes com conjuntivite.

Prevenção

De acordo com Cintia, algumas pessoas acham difícil de prevenir: “Algumas pessoas acham muito difícil porque elas têm a ilusão de que vem pelo ar, mas a gente pega principalmente através do contato, através das mãos”, explica que a prevenção é com a lavagem das mãos, uso do álcool em gel, evitar compartilhar toalhas de rosto, não compartilhar maquiagens de outras pessoas e óculos de natação, por exemplo. Além destas medidas, é importante que não sejam utilizadas pomadas e colírios sem a prescrição médica.

Sintomas

  • Irritação nos olhos ou olhos avermelhados;
  • inchaço nas pálpebras;
  • sensação de areia nos olhos;
  • intolerância à luz;
  • aumento da secreção ocular;
  • lacrimejamento.

Cintia alerta: “Ao apresentar estes sintomas, venha direto ao médico!” – o paciente será atendido através do Pronto Socorro e será feita o acolhimento com classificação de risco, direcionando ao médico plantonista. A enfermeira responsável do CCIH chama atenção para que seja tomada a medida infalível para conjuntivite: a lavagem das mãos, utilização do álcool em gel e evitar levar as mãos aos olhos.

 

Educação Física agora é no CESVA/FAA!!!

MEC autoriza abertura de mais um curso, para início em 2018.1

 

Aguardado pela comunidade acadêmica, o dia 22 de fevereiro de 2018 (quinta-feira) foi mais um marco para o Centro de Ensino Superior de Valença – CESVA/FAA – quando foi publicada no Diário Oficial da União a autorização do Ministério da Educação – MEC – para abertura do curso de Educação Física nas modalidades de Bacharelado e Licenciatura, através da Portaria Nº. 116 de 20 de fevereiro de 2018. As aulas iniciam já no primeiro semestre de 2018, dia 19 de março.

Além de oferecer ensino de excelência, a graduação em Educação Física visa atender à grande demanda em Valença e por toda região, de quem deseja aliar a qualidade de vida à estética. Além de ser o único Centro de Ensino Superior na região a oferecer formação em bacharelado, um dos diferenciais do curso é a estrutura: o aluno terá acesso ao Campus I, Raider Academia e ao Clube dos Coroados, onde serão realizadas aulas práticas, imprescindíveis para formação do profissional em Educação Física.

O bacharel em Educação Física terá habilitação profissional para atuar na prescrição e controle do treinamento das modalidades desportivas e de lutas, nas atividades físicas em academias, nas atividades recreativas de clubes e hotéis e na prescrição do treinamento físico para a manutenção da saúde e obtenção da qualidade de vida das pessoas. Para os que optam pela licenciatura, serão habilitados para a docência deste componente curricular na educação básica.

De acordo com o coordenador do curso, Leandro Raider, a atuação do profissional de Educação Física vem ganhando destaque na área da saúde. A busca por um estilo de vida mais saudável e os cuidados com o próprio corpo tem se tornado prioridade para os brasileiros, contribuindo diretamente para o crescimento de vagas no mercado de trabalho. “A qualidade do ensino será o diferencial do nosso curso, com corpo docente de altíssimo nível. Vamos formar no CESVA/FAA os melhores profissionais de Educação Física do país.”, garante, ansioso pelo início das aulas.

O que rolou nas Aulas Magnas…

Finalmente, iniciou o período letivo de 2018! E, para abrir com chave de ouro, na última semana aconteceram as Aulas Magnas dos cursos de Medicina, Odontologia, Medicina Veterinária e Direito.

Na última segunda-feira (19) o angiologista e professor Rossi Murilo falou sobre “A influência da violência urbana no atendimento ao paciente politraumatizado” aos alunos do primeiro período do curso de Medicina. No dia seguinte foi a vez do curso de Odontologia receber os calouros com a palestra “Crise? Eis uma solução: faça Odontologia, a melhor profissão”, com o professor Rogério Natal, que contou também com a presença de alunos de outros períodos do curso. No dia 22 (quinta-feira) foi a vez dos alunos do Curso de Medicina Veterinária, e teve palestra em dose dupla: o Doutor Carlos Daniel Dias, discorreu sobre “Agressividade em gatos”, e o Auditório do CESVA/FAA contou também com a participação do Doutor Waldemar Tavares com o tema “Transformando residências em territórios para gatos”. E, para fechar a semana, na sexta-feira (23) o CESVA/FAA recebeu o Doutor Vanderlei Martins, coordenador adjunto da faculdade de Direito da UERJ para falar sobre “Direito e Globalização”, que encheu o Centro de Eventos do Campus I.

As Aulas Magnas dos cursos de Medicina, Odontologia e Direito marcaram o primeiro evento oficial em comemoração aos 50 anos dos cursos.

E ainda tem mais: no dia 28 de fevereiro (quarta-feira), às 19h no Auditório Raymundo Muniz de Aragão (Raymundão) o curso de Enfermagem receberá a professora Ana Cristina Barreto, que palestrará sobre o tema “Fisiologia Cardiovascular: Uma abordagem aplicada a enfermeiros”. O curso de Psicologia abordará “Questões referentes a abordagens da Psicologia frente a situações contemporâneas” com a participação da Doutora Nathália Armony no dia 12 de março, no Auditório do Campus I.

Docentes recebem Medalha Dom André Arcoverde

Mais de quarenta anos dedicados ao CESVA/FAA rende a mais alta honraria da Instituição

A última quinta-feira (01) foi de importante homenagem. Durante o IV Encontro Pedagógico do curso de Medicina, promovido pelo CESVA/FAA, os professores Dr. Mário Fortes e Dr. Domênico Petrillo, com mais de quarenta anos de docência dedicados à Instituição, receberam a Medalha Dom André Arcoverde.

Entregues pelas mãos do Diretor Acadêmico, Dr. José Rogério Moura de Almeida Neto, as medalhas foram recebidas com emoção pelos homenageados que, diante dos docentes participantes do Encontro, proferiram discurso de agradecimento.

A mais alta condecoração acadêmica da Instituição, a Medalha Dom André Arcoverde foi criada com a finalidade de homenagear brasileiros e estrangeiros que prestaram relevantes serviços às causas maiores da humanidade.

 

O Centro de Ensino Superior de Valença começa a oferecer graduações na modalidade a distância

Avaliado como o melhor Centro de Ensino Superior do país pelo MEC. Agora, o CESVA conta com a modalidade de ensino a distância

Uma das modalidades de ensino que mais cresce no Brasil é o Ensino a Distância. Na região Sul Fluminense do Estado do Rio de Janeiro não é diferente. A modalidade representa uma nova forma de aprender e ensinar.

O CESVA/FAA lançou no dia 15 de janeiro cursos na modalidade a distância (EaD), abrindo inscrições para o vestibular, que ocorrerá do dia 15 de janeiro a 28 de fevereiro. Inicialmente, serão ofertados os cursos de Administração, Processos Gerenciais, Marketing e Pedagogia. As inscrições serão pelo site.

Os quatro cursos ofertados pelo CESVA/FAA foram autorizados pelo Ministério da Educação (MEC) e avaliados com nota 4 (em uma escala máxima de 5), reafirmando assim a qualidade da Instituição já reconhecida nos cursos presenciais.

“A metodologia do ensino a distância do CESVA será disruptiva com o que é oferecido atualmente: inovadora, estimulante e em sintonia com as demandas dos alunos contemporâneos”


Professor Antônio Celso Alves Pereira – Diretor Geral do CESVA/FAA

Vantagens

As principais vantagens para o aluno que opta pelo ensino a distância são: economia de tempo, flexibilidade de horários e o menor preço das mensalidades. O curso de Administração a distância do CESVA tem mensalidade a partir de R$ 238,00.

O aluno do curso EaD deve ter disciplina e comprometimento com as atividades acadêmicas, gerenciando adequadamente seus horários de estudos. Essa modalidade de ensino propicia ao aluno desenvolver competências que o mercado de trabalho valoriza, tais como: auto-motivação, liderança, disciplina, iniciativa e gerenciamento do tempo.

 

Vai ser a distância? Vai ser no melhor

CESVA /FAA, Educação que Transforma!

Faculdade de Odontologia CESVA/FAA entre as melhores do país

Em recente avaliação do Ministério da Educação (MEC) a Faculdade de Odontologia do CESVA/FAA obteve nota 4 em seu CPC, pelo quinto ano consecutivo, destacando o curso como um dos melhores do País 

 

O prestigiado curso de Odontologia do Centro de Ensino Superior de Valença – CESVA/FAA- tem atravessado gerações, formando cirurgiões dentistas há cinqüenta anos. Alcançando a posição como melhor do estado do Rio de Janeiro, há cinco anos consecutivos, está também entre as melhores do país, avaliada pelo MEC através do Conceito Preliminar de Curso (CPC) nota 4, em uma escala de 1 a 5. A nota reforça o compromisso com o ensino de alto nível e o comprometimento social com Valença.

Durante quatro anos estudantes do país inteiro residem em Valença para cursar Odontologia, devido à excepcional qualidade, oferecida por um corpo docente bem preparado, com mestres e doutores; Jornadas Acadêmicas, atualizando conhecimentos técnico-científicos; além das Clínicas Odontológicas com equipamentos de última geração, onde alunos são inseridos precocemente à prática. Um dos destaques é o atendimento pela clínica de Odontogeriatria; Pacientes com Necessidades Especiais; Pacientes Oncológicos; Clínica da Criança e do Adolescente, com atendimento a bebês. Todas, pioneiras no estado e inseridas na grade curricular do curso.

Outro ponto forte são os projetos Extra Muro e de Extensão, cujos alunos participam em escolas e creches de todo o município, com educação para saúde, orientação de higiene bucal e levantamento de necessidades, identificando crianças e adolescentes que precisam de atendimento, mediante autorização dos pais.

Valença tornou-se referência devido aos cursos do CESVA/FAA, sobretudo à Odontologia, pilar no desenvolvimento e na economia do município.  Reafirma a cada ano o compromisso com a formação de qualidade, além de capacitar seus acadêmicos para o desenvolvimento sustentável e a responsabilidade social de forma a exercer suas atividades profissionais de maneira plena, direcionando suas ações para a melhoria da qualidade de vida da população, realizando atendimentos através das clínicas odontológicas e do laboratório de odontologia integrado ao Hospital Escola Luiz Gioseffi Jannuzzi.

Competência e Paixão pela Odontologia

A fórmula do sucesso da Odontologia vem do constante aprimoramento, mas também pela paixão, nutrida pela diretora, professora Patrícia Pecoraro, que há nove anos está à frente do curso. Formada pelo CESVA/FAA, a cirurgiã-dentista conhece cada detalhe da faculdade, buscando sempre a humanização por meio da integração entre os alunos, professores e pacientes. “Nosso objetivo é sempre buscar o ensino de qualidade, inovando o tempo inteiro, melhorando. Não somos perfeitos, mas buscamos sempre mirar para atingir a perfeição. Acredito que estamos no caminho certo. Os resultados estão aí!”, Patrícia comemora os resultados obtidos pelo curso em 2017.

Faculdade de Medicina de Valença é indicada como a terceira melhor do país, segundo o MEC/INEP

Foi considerado também o melhor Centro de Ensino Superior do país

O CESVA/FAA – Centro de Ensino Superior de Valença da Fundação Educacional Dom André Arcoverde –, localizado em Valença, no Sul do Estado do Rio, foi considerado o melhor Centro de Ensino Superior do Brasil segundo o INEP/MEC. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), que pertence ao MEC, divulgou no dia 27 de novembro de 2017, no Diário Oficial da União e em seu portal os dados relativos dois dos principais indicadores de qualidade da educação superior brasileira: o Conceito Preliminar de Curso (CPC) – indicador de qualidade que avalia os cursos de graduação –, e o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC). As informações referem-se ao ciclo avaliativo de 2016 do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) que contemplou 18 áreas de avaliação, 4.300 cursos e 195.757 participantes no exame.

Na avaliação do IGC, o CESVA se consagrou como o melhor Centro de Ensino Superior do Brasil, alcançando a nota 4, em uma escala máxima de 5. O cálculo do IGC é feito anualmente e leva em consideração a média dos dados de CPC do último triênio, além dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu e das distribuições dos estudantes nos diferentes níveis de ensino (graduação ou pós-graduação).

MEDICINA SE DESTACA NACIONALMENTE

A Faculdade de Medicina de Valença alcançou nota 4 no CPC. Na avaliação geral, colocando-a como a terceira melhor do País. De acordo com o MEC, o Conceito Preliminar de Curso leva em consideração o desempenho dos estudantes (ENADE), o valor agregado do processo formativo (IDD), características do corpo docente (Censo da Educação Superior) e as condições de infraestrutura, organização didático-pedagógica e oportunidades de ampliação da formação acadêmica (Questionário do Estudante). Os resultados foram comemorados por toda comunidade acadêmica do CESVA/FAA.

– Estamos colhendo agora os resultados de vários anos de investimentos na estrutura de nossas unidades, na qualificação de nossos professores e na revisão, realizada ao longo dos últimos anos, de todo o processo de ensino-aprendizagem dos cursos promovidos pelo CESVA/FAA. Com estes resultados, nossa instituição firma-se entre as melhores do país e contribuiu, ainda mais, para consolidar a vocação de Valença como Cidade Universitária -, afirmou o diretor acadêmico José Rogério Moura A. Neto.

Professor Antônio Celso é homenageado

No dia 04 de dezembro de 2017, o Diretor Geral do CESVA/FAA, Professor Doutor Antônio Celso Alves Pereira, recebeu a medalha José Bonifácio em comemoração dos 67 anos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ. A homenagem aconteceu na Capela Ecumênica da Instituição, com a presença de docentes, técnicos, estudantes e familiares.

A Ordem do Mérito José Bonifácio foi criada pela Universidade em 1972 com o objetivo de homenagear personalidades nacionais e estrangeiras que se notabilizaram nos campos da educação e da cultura. Advogado e escritor, professor Antônio Celso é ex-reitor da UERJ, e já dirigiu a Faculdade de Direito da Universidade.

Importante figura no cenário nacional, sobretudo no campo do Direito, é hoje Diretor Geral do Centro de Ensino Superior de Valença e Diretor da Faculdade de Direito do CESVA/FAA.

 

Aula Magna Curso de Direito

No dia 25 de agosto o Centro de Ensino Superior de Valença (CESVA/FAA), recebeu o Desembargador Federal Prof. Dr. André Fontes, para realização da Aula Magna do Curso de Direito, no Centro de Eventos do Campus I. O palestrante é Desembargador do Tribunal Regional da 2ª Região (Rio de Janeiro e Espírito Santo), desde 15 de fevereiro de 2001, e também Professor na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Uni-Rio). Na palestra foi abordado o tema “Jurisdição e Competência”. O evento contou com a participação de autoridades e alunos do curso de Direito do CESVA/FAA.
Sucesso total! Foi uma noite memorável de grande aprendizado.